www.abr

No projeto, cada aluno é apadrinhado por um associado da Abrasel, que além de cobrir os custos do curso, garante um estágio para o participante



A Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), em parceria com a Abrasel na Paraíba, conclui a quarta turma do Curso de Gastromia Social, nesta quinta-feira (14). A solenidade para entrega dos certificados será realizada no Centro de Inclusão produtiva Maria de Nazaré (Crispman), às 17h30.

O curso garante a oportunidade de uma carreira profissional no mercado da gastronomia a pessoas em situação de vulnerabilidade social e usuárias das Cozinhas Comunitárias. Desta vez, serão certificados quinze participantes, sendo 14 mulheres e um homem.

A diretora de Economia Solidária e Segurança Alimentar e Nutricional (Dessan), Lucia Silva, destaca a importância da parceria entre a gestão municipal e a Abrasel, que está oferecendo a oportunidade de formação profissional aos usuários das Cozinhas Comunitárias. “Iniciamos o projeto em 2014 para promover a inclusão no mundo do trabalho das pessoas que vivem na base da assistência social, através da gastronomia”, comenta ela.

Segundo Lúcia Silva, antes de terminar o curso, muitos participantes já são aproveitados nos restaurantes a partir do estágio, que revela as aptidões. “A grande importância desta parceria com a Abrasel, é que ela garante a adesão dos donos dos restaurantes, que fornecem o uniforme completo, o pagamento do instrutor do curso e também o estágio em auxiliar de cozinha. A teoria e a prática juntas garantem que a pessoa termine o curso apta ao mercado de trabalho”, revela a diretora.

Gerusa Cardoso, diretora Executiva da Abrasel na Paraíba, também se diz muito animada com a parceria. “Quem viabiliza o sucesso são os nossos associados. Eles adotam um aluno ou uma aluna e pagam o curso intensivo, além de garantir o estágio obrigatório no restaurante em que a pessoa foi adotada”, destaca. O estágio tem duração de 30 horas, não é remunerado, mas em sua maioria garante o contrato, mesmo antes do fim do curso.

Uma das alunas é Ivandernúbia Gouveia, moradora do Colinas do Sul e mãe de três filhos. Ela diz que está muito animada e com boas perspectivas para o futuro. “Estou muito feliz com mais essa oportunidade que a Prefeitura está me dando. Fiz primeiro o curso de Confeitaria e agora esse de cozinha quente. Tenho fé que outros virão pra me aprimorar ainda mais”, almeja.

Estrutura – Na parceria, a Prefeitura garante o local onde o curso é ministrado, os recursos humanos e os gêneros alimentícios para a produção dos pratos. Durante a solenidade de encerramento, será servido um cardápio regional preparado pelos concluintes. O curso teve como instrutor Marinésio Gomes e na supervisão, Artur Lira, que também é presidente da Abrasel no estado.

“Como a maioria dos integrantes é do gênero feminino, resolvemos fazer a entrega dos certificados no mês de março, como forma de homenageá-las”, diz Lúcia Silva.

Oficina Motivacional – As aulas teóricas desta turma incluíram uma oficina motivacional facilitada pela especialista em Recursos Humanos Socorro Alves. A oficina trabalhou o neurolingüístico, com destaque para a comunicação e o autoconhecimento.

“Também trabalhamos a motivação, a autoestima com o foco no autoconhecimento, e o estabelecimento do diálogo, o que vai influenciar por toda vida, tanto o lado pessoal como financeiro dos participantes”, definiu Socorro Alves.

* Com informações do Turismo em Foco

Comentários