DO MAR À MESA


Em 2015, a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel) e o WWF-Brasil firmaram parceria para incentivar o consumo consciente de pescado, por meio da campanha “Do Mar à Mesa” com ações que envolvem pescadores, mercado e consumidores finais para que entendam a importância de escolher de maneira responsável o que entra no cardápio.

Hoje dezenas de espécies de pescados são capturadas diariamente no Brasil, muitas de maneira inadequada, tendo como consequência a sobrepesca e o risco de extinção. Por isso, foi elaborado um plano abrangente que visa estimular e encaminhar soluções para o consumo consciente. Hoje 26% das espécies comerciais de peixes estão em situação de sobrepesca no país; isso significa que são pescadas num volume maior que os bancos pesqueiros conseguem regenerar.

Além dos problemas com o processo de pesca, outro importante alerta está ligado ao aumento exponencial do consumo de pescado. Em 1960, a média mundial do consumo por pessoa era de 9,9Kg por ano; já em 2012 passou a ser de 19,2Kg/ano.

No Brasil, grande parte dos peixes, crustáceos e moluscos fornecidos para o mercado são provenientes da pesca artesanal. As comunidades pesqueiras são alvo do programa Do Mar à Mesa, que pretende capacitar e empoderar estes pescadores por meio de cartilhas e de oficinas ministradas por chefs como Eudes Assis e pelo WWF-Brasil.

A campanha “Do Mar à Mesa” faz parte do Programa Marinho do WWF-Brasil, que tem por objetivo contribuir para compreensão/atendimento dos problemas associados aos impactos da poluição, da sobrepesca e do turismo, por meio de estreita cooperação com o setor turístico e com foco em produção do conhecimento e educação.